A CORRIDA NÃO É SEMPRE PARA O MAIS RÁPIDO...... MAS PARA AQUELE QUE CONTINUA CORRENDO.

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

AS FÉRIAS

O "ATLETA" COM O JESSE OWENS

Ganhou 4 medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Berlim, em 1936
(Museu da Madame Tussaud-Londres-Agosto-2008)

James Cleveland "Jesse" Owens chegou confiante na Olimpíada de Berlim-1936. "Sem querer ser presunçoso, acho que vou ganhar 3 medalhas de ouro na Olimpíada", afirmou o americano de Alabama.
Motivos para tal confiança não faltavam. Um ano antes ele havia estabelecido 4 melhores marcas mundiais (100m, 220 jardas, 220 jardas com barreira e salto em distância) no meeting Big Ten em um espaço de apenas 45 minutos! E Jesse Owens não só cumpriu a promessa, mas a superou ao conquistar 4 medalhas de ouro nos 100m, 200m, salto em distância e revezamento 4x100m. E também bateu o recorde olímpico em todos estes eventos excepto nos 100m.
Apesar do feito extraordinário, Jesse não teve vida fácil ao voltar aos Estados Unidos. Para conseguir dinheiro ele aceitou desafios como correr contra cavalos, cachorros e motocicletas. "Não pude fazer publicidade de alcance nacional porque não seria aceito no Sul. Hitler não me cumprimentou, mas também não fui convidado para ir à Casa Branca receber os cumprimentos do presidente do meu país", desabafou Jesse.
Ele só conseguiu estabilidade financeira na década de 50 quando abriu uma firma de relações públicas e dava conferências pelos EUA. Jesse também patrocinou e participou de vários programas esportivos para jovens.
Em 1976 Jesse Owens recebeu do presidente Gerald R. Ford a maior condecoração que um civil pode receber nos Estados Unidos: a Medalha da Liberdade. No anos de 1980 Jesse Ownens morreu aos 66 anos de câncer.

Texto retirado do site: www.copacabanarunners.net/histowens.html

Até já

Sem comentários:

Publicar um comentário