A CORRIDA NÃO É SEMPRE PARA O MAIS RÁPIDO...... MAS PARA AQUELE QUE CONTINUA CORRENDO.

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

UMA HISTÓRIA DE NATAL COM UM FINAL FELIZ



Esta é uma narrativa verídica e está associada à história da vida da minha família.

Decorria o ano de 1972, residia na Pontinha, concelho de Loures (hoje concelho de Odivelas).

Na véspera de natal, fui passar a consoada em casa de familiares que também residiam na mesma localidade.

Quando regressámos a casa, o meu Pai que costumava dar uma “olhadela” ao carro, sempre estacionado perto de casa e constatou que este não se encontrava onde o tinha deixado. Tinham-no roubado.

Naquela época um carro tinha o valor, de uma vida de sacrifícios para o comprar, nada comparável aos dias de hoje. Um carro era para durar muitos anos na posse do proprietário.

Fomos dormir angustiados pela perda e também por este ato ter sido praticado na véspera de Natal, uma noite para passar com a família e não para actividades criminosas.

Na manhã do dia seguinte tocou o telefone, era uma pessoa a perguntar se o dono da viatura de matrícula XX-XX-XX morava ali, ao obter uma resposta afirmativa, disse que o referido veículo se encontrava junto de uma Carpintaria nos Olivais.

Este senhor descobriu o número de telefone pela chapa de identificação obrigatória, colocada no interior do veículo, onde também constava a morada.

Dirigimo-nos para os Olivais, onde se encontrava o carro, nesse manhã do dia de Natal, com a ansiedade própria e a interrogação de como estaria o carro se danificado ou intacto.

Ao chegarmos à rua indicada pela pessoa, era uma rua sem saída, onde estavam instaladas diversas oficinas, verificámos que o carro estava em condições, só uns arranhões devido a algumas tentativas para roubar o rádio mas não o conseguiram.

O carro era um Ford Cortina azul, junto dele estava outro da mesma marca, mas de cor diferente, foram deixados ali, talvez para serem desmontados durante a noite seguinte. Só que o dono da carpintaria necessitou de ir à oficina no dia de Natal e desconfiou de dois carros ali estacionados e logo da mesma marca.




Tentámos ver a placa identificativa no interior do outro carro, não tinha o número de telefone só a morada.

Dirigi-me ao endereço que constava na placa era na  zona do Lumiar, toquei à campainha e atendeu-me o proprietário da casa, perguntei se morava ali o senhor (disse o nome) e se era o dono de um carro Ford Cortina de matrícula YY-YY-YY , respondeu afirmativamente e mudando a fisionomia do rosto triste para um rosto alegre, assim que lhe disse que tinha encontrado o seu carro.

Em casa dessa pessoa estava um ambiente amargurado, devido ao roubo do carro, quando  ele deu a notícia à família foi uma festa, até me convidaram para comer e beber. 

O Natal foi mais feliz para estas duas famílias.

Boas festas

Continuando a correr........................

4 comentários:

  1. Felizmente tudo acabou bem!

    Com o desejo dum Feliz Natal

    ResponderEliminar
  2. É verdade tudo acabou em bem e o Natal teve outro sabor.
    Um bom Natal também para ti e família.
    Bons treinos
    cumps
    J.Lopes

    ResponderEliminar
  3. Votos de um Feliz Natal e tudo de bom para 2014!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado
      Desejo-te também umas Boas festas e um ano 2014 cheio de surpresas agradáveis.
      cump
      J,Lopes

      Eliminar