A CORRIDA NÃO É SEMPRE PARA O MAIS RÁPIDO...... MAS PARA AQUELE QUE CONTINUA CORRENDO.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

O RETORNO



O último treino na Costa da Caparica
(24 de Agosto de 2012)



Estive sem correr durante 2 meses, só efetuei caminhadas de 2 horas, inicialmente ao fim de semana e assim que começaram as férias, todos os dias, caminhava pelas ruas de Odivelas, com subidas e descidas acentuadas.

Neste período de junho a agosto ponderei abandonar a corrida, foi talvez isso que me tenha levado a estar tanto tempo sem correr, mas passados estes dois meses sinto a falta da liberdade, ao percorrer as ruas em "passo" de corrida e ver as pessoas "presas" nos carros e no trafego, sinto a falta de chegar a casa ao fim do dia cansado de correr, mas bem disposto, "sinto a falta de me sentir bem"
.
Irei a partir de Setembro escolher as corridas que me "apetece" no momento participar e não com uma previsão  a médio ou longo prazo como fazia anteriormente, a não ser que me surja a "maluquice" de participar numa maratona.
.
Durante este período de 2 meses em que não corri, por falta de motivação, cometi alguns deslizes (refeições fartas, doces, Mateus rosé….) pouco próprios de quem quer correr 10 km ou mais a partir de Setembro, sem grande sofrimento.
.
O resultado deste procedimento negativo, traduziu-se num aumento de peso de 4 kg (barriguinha) e índice de massa corporal (IMC) de 26 quando deveria ser até 22.
 
.
Mas como nem só da corrida vive o homem, vive também dos outros prazeres da vida, fraquejei, mas com força de vontade e afinco depressa irei recuperar a boa forma física.
.
Iniciei os treinos com corridas de 30 minutos no dia 13 de Agosto, às 9 horas, na praia da Costa da Caparica, aumentei para 45 minutos na semana de 20 de Agosto (já consigo correr até à Fonte da Telha e voltar , o que não conseguia realizar na 1ª semana de treinos:):):)).

Terminei hoje este ciclo de treinos na praia, irei agora começar a correr todos os dias, durante 1 hora, pelas ruas de Odivelas e do Parque das Nações.

Estranhamente não me ressenti de dores nas pernas, que poderiam ter ficado cansadas ou doridas, mas não foi isso que aconteceu.



Até amanhã

2 comentários:

  1. Oi. Em primeiro lugar parabéns pela força de vontade no regresso às corridas. Por vezes é bom parar um pouco para darmos depois mais importância à corrida. Lembrando-nos do quanto nos sentimos bem quando temos uma forma física melhor.
    Sou também de Odivelas e é por lá que corro habitualmente às 6h da manhã 2x por semana. Pode ser que nos encontremos um dia destes.
    Continuação de boas corridas.

    ResponderEliminar
  2. Olá José Lopes;

    Por vezes é bom fazer uma paragem nas corridas. Afinal aí se sente o bom que é de correr e manter esse hábito.

    Pois as férias e as "vidas boas"são um inimigo a ter em conta, para quem corre.

    Bons treinos, e rápido estás de volta ao normal.

    Um abraço
    xavier

    ResponderEliminar